× Fale Conosco
Enviar via
Ou ligue para (41) 3019-7333
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail

Blocos de PorcelanaCoroa DentáriaEnxerto ÓsseoImplante DentárioLente de ContatoPrótese DentáriaZircônia
ClareamentoCoroa de PorcelanaFacetas de PorcelanaPrótese Sobre ImplanteOdontologia EstéticaReabilitação OralGeral



Ortodontia em Curitiba

Está precisando de Ortodontia em Curitiba com qualidade e excelência? A Dra Danielle Benatto é especialista nessa área, sendo referência por aplicar as técnicas mais avançadas com tecnologia moderna, oferecendo atendimento personalizado e um ambiente confortável para o cliente, respeitando todas as questões de biossegurança.

Além disso, você encontra um consultório odontológico completo que possibilita uma gama de tratamentos (entre eles, a odontologia cosmética) para solucionar problemas de estética dental e saúde bucal.

A Dra. Eloana e sua equipe, pensando no bem-estar e saúde do paciente, estão tomando todos os cuidados acerca dos protocolos de higiene e segurança contra o coronavírus.

O que é ortodontia?

Dentes tortos, desalinhados ou sobrepostos incomodam muita gente, além de atrapalhar o funcionamento da arcada dentária. Para corrigir esses problemas o Ortodontista, profissional especializado em Ortodontia, estuda e sugere a solução mais adequada para cada caso. A ortodontia é a área responsável pela avaliação e tratamento dos dentes (posições) e da face (ossos maxilares).

Quais são os tipos de Ortodontia?

Existem 3 tipos principais de ortodontia (corretiva, preventiva e interceptativa), no qual cada uma corrige irregularidades dentárias específicas de acordo com a situação bucal do paciente, como descrito a seguir:

Ortodontia Corretiva

A ortodontia corretiva é um procedimento em que o aparelho dentário é utilizado para a correção de problemas dentários permanentes que o paciente possa vir a apresentar. Mas para obter sucesso com este procedimento, é necessário realizar uma investigação acerca do perfil e do histórico da pessoa, para que o especialista possa indicar os melhores tratamentos.

Entre os casos mais comuns que a ortodontia corretiva atua, estão:

  • pacientes com dentição permanente irregular;
  • pacientes com diastema;
  • pacientes com má oclusão.

Outra questão em que este tratamento ortodôntico pode ser aplicado é na reabilitação oral, podendo ser combinado a outros procedimentos no sentido de melhorar a saúde e a estética bucal.

Ortodontia Preventiva

A ortodontia preventiva faz o tratamento de problemas dentários e da face que podem ser agravados com o tempo. Neste caso, o uso do aparelho odontológico é um dos fatores para evitar a necessidade da realização de cirurgias ou extração de dente.

Este método também fornece orientações ao paciente acerca de hábitos que podem desenvolver irregularidades dentárias, e formas de combater essas mesmas irregularidades.

Ortodontia Interceptativa

A ortodontia interceptativa é responsável por realizar a intervenção de problemas dentários que se agravam sem a aplicação de um tratamento. Para que ele obtenha o resultado esperado são utilizados, além do aparelho ortodôntico, molas digitais para um melhor rendimento.

Em quais casos os aparelhos ortodônticos são usados?

O uso de aparelhos ortodônticos depende da avaliação completa do dentista, que além de analisar o perfil do paciente e seu histórico médico, recomendará o tratamento mais adequado. Com isso, o profissional pode orientar o aparelho para os seguintes casos:

  • Dentição permanente irregular;
  • Dentes desalinhados ou apinhados;
  • Diastemas;
  • Má oclusão;
  • Mordida cruzada;
  • Mordida aberta;
  • Pacientes com problemas de mastigação e fala;
  • Pacientes que desejam melhorar a estética dentária.

Todos os problemas citados podem ser corrigidos por meio da reabilitação oral, sendo o aparelho ortodôntico um dos recursos utilizados pelo cirurgião-dentista para a correção da estrutura dentária.

Como o tratamento com aparelhos ortodônticos funciona?

Inicialmente, o ortodontista avalia a situação dos dentes do paciente, solicitando exames e radiografias para traçar o prognóstico do tratamento. Desse modo, é possível fixar o aparelho de dente com as seguintes etapas:

    • montagem das peças, no qual os dispositivos fixos ou móveis são instalados no dente;
    • alinhamento e nivelamento dentário, no qual são ajustadas as posições dos dentes de acordo com o progresso do tratamento;
    • encaixe da mordida, no qual há a definição da mordida;
    • finalização, no qual são realizadas correções complementares para definir tamanho e forma dos dentes;
    • contenção, no qual é instalada uma peça para manter a forma final obtida dos dentes;

 

  • acompanhamento, no qual o ortodontista continuará avaliando o paciente e orientando-o em relação aos cuidados após o uso do aparelho. 

 

Após a finalização do tratamento, o profissional pode recomendar Clareamento Dental para tratar manchas e amarelados adquiridos durante o uso de aparelhos, melhorando a estética dentária.

Quais são os tipos de aparelhos ortodônticos?

Existem diversos tipos de aparelhos ortodônticos, indicados para determinados perfis e situações apresentados pelo paciente. Alguns dos tipos mais importantes são o aparelho fixo, móvel e invisalign, que diferem em questões como material, estrutura e função.

Aparelho fixo

O aparelho fixo é um item estático que só pode ser fixado e removido por um profissional. O tratamento consiste em realizar a manutenção do objeto, ao mesmo tempo em que se acompanha a evolução do progresso da correção dentária.

Possui algumas variações, como podemos verificar abaixo:

  • aparelho fixo estético: material mais discreto e que camufla as peças;
  • aparelho autoligável: os bráquetes são presos aos dentes por meio da própria estrutura.

Aparelho móvel

Com destaque para a sua mobilidade, o aparelho móvel viabiliza que o paciente remova-o para manter a sua higienização. Ele é dividido em dois tipos:

  • Ortodônticos: corrigem a posição dos dentes (como apinhamento e diastema);
  • Ortopédicos: corrigem a posição da estrutura esquelética da face (como ossos maxilares e mandibulares).

Invisalign

Considerado por muitos como o futuro da ortodontia, o Invisalign utiliza moldeiras transparentes que são produzidas com uma tecnologia avançada de imagens, atendendo às necessidades individuais de cada pessoa.

Uma das inovações desse aparelho ortodôntico está justamente no seu processo de captação, com o uso de um software em 3D que antecipa detalhadamente o resultado do tratamento, dando ao paciente a exata noção de como ficará a estética do sorriso ao final do processo.

As moldeiras, também chamadas de alinhadores, são trocadas a cada 15 dias e apresentam diferenças na posição dos dentes em relação às moldeiras anteriores. Essas alterações serão responsáveis por ocasionar o realinhamento da arcada dentária.

Um dos pontos positivos do aparelho é atender dos casos mais simples até os mais complexos, o que o torna extremamente atraente para quem não deseja utilizar os métodos antigos, como os aparelhos com estruturas metálicas.

Entre os casos que o Invisalign é indicado para tratamento estão:

  • mordida cruzada;
  • prognatismo;
  • dentes apinhados;
  • dentes espaçados;
  • sobremordida.

O Invisalign é feito de material transparente e confeccionado em placas de acrílico, combinação que favorece a movimentação e o alinhamento da arcada dentária. Apesar da transparência e do visual frágil, o aparelho é altamente resistente.

Vantagens

O Invisalign possui diversas vantagens para quem se interessou e deseja começar logo o tratamento com este aparelho. Confira as principais:

  • Fator estético: por serem invisíveis, os aparelhos não causam constrangimento na hora de sorrir, e podem ser utilizados por pessoas de diferentes faixas etárias.
  • Higiene: fácil de manusear, o Invisalign proporciona ao paciente a facilidade de efetuar a limpeza bucal sem grandes dificuldades. Seu uso também não prejudica a alimentação, pois ao contrário do aparelho fixo, ele pode ser retirado a qualquer momento.
  • Melhora da autoestima: corrigir os dentes sem a percepção das outras pessoas, além de alinhar os dentes e deixá-los mais bonitos são algumas vantagens que ajudam a trabalhar a percepção da autoestima para melhor.

Aparelho estético

Este aparelho é indicado para quem precisa fazer tratamento de desalinhamento dentário. Ele é fixo, mas não é perceptível por conta do material utilizado: bráquetes transparentes feitos com safira, porcelana e resina, entre outros materiais.

Aparelho autoligado

Sem o uso de borrachinhas, este aparelho, confeccionado com metal, fixa o fio ortodôntico direto nos bráquetes. A sua vantagem mais perceptível é a de oferecer um tratamento mais rápido que o convencional.

Aparelho lingual

Fixo e feito de metal, ele utiliza bráquetes e fios e é colocado na parte interna dos dentes. Para quem deseja discrição, é uma opção excelente. Mas possui como ponto negativo, a dificuldade de higienizar os dentes, por conta do lugar onde é inserido.

Expansor palatino

O expansor é fixado no céu da boca e nos dentes molares para alargar o maxilar superior e corrigir a má oclusão. Indicado para quem desenvolveu problemas por conta de uso de chupeta ou respiração pela boca.

CONTATO

Portanto, se você procura por tratamentos de ortodontia em Curitiba, entre em contato, esclareça todas as suas dúvidas e agende uma avaliação. A Dra Danielle Benatto está à sua disposição.

Sobre

DRA. DANIELE BENATTO

  • Graduada em Odontologia (UTP)
  • Especialização em Ortodontia (UEM)
  • Invisalign Doctor
  • Aperfeiçoamento em Ortodontia SPO (Sociedade Paulista de Ortodontia)
  • Aperfeiçoamento em Ortodontia pela AMO (Associação Maringaense de Odontologia)
  • Aperfeiçoamento em Pacientes Especiais pela ABO-PR
Ortodontia em Curitiba
Ortodontia em Curitiba
Eloana Thomé,
Av. Cândido Hartmann 570, Sala 183,Bigorrilho,Curitiba-80710-570,
Telephone No.+55413019-7333
Curitiba
A Dra. Eloana Thomé é especialista em Ortodontia em Curitiba, oferecendo atendimento especializado e com uso das mais modernas tecnologias.