Clique aqui e Agende Sua Avaliação!
X
Clique aqui e Agende Sua Avaliação!

Blog

Implantes dentários e enxertos ósseos

Algumas vezes, antes de ver realizado o sonho de ter dentes fixos novamente, o candidato a implantes dentários deve submeter-se a um procedimento de enxertia óssea. Esse procedimento restabelece o tecido ósseo da região perdido pela falta prolongada do dente, traumas ou extrações mal realizadas. Para se saber se o enxerto ósseo é mesmo necessário, o dentista solicita ao paciente, radiografias específicas para uma análise mais minuciosa do seu caso. São as chamadas tomografias computadorizadas, tiradas da região que necessita de implantes, ou “regiões receptoras” e também, de outras regiões que podem ser as “doadoras” de tecido ósseo intra-oral. Os enxertos extra-orais são feitos com osso extraído de outras partes do corpo como o ilíaco e a calota craniana e nesse caso, requerem internamento em hospitais ou clínicas médicas. Existem marcas importadas de ossos bovinos que fazem com que após instalado na região requerida, o próprio osso do paciente se deposite sobre o osso enxertado, aumentando cada vez mais sua qualidade. Outra maneira de se obter o osso para enxerto é a sua aquisição através do Banco de Ossos do Hospital das Clínicas. Cada caso exige análise e planejamento. Cada vez mais pessoas se submetem com muita segurança e conforto às técnicas de enxertia óssea, que estão muito evoluídas. O sucesso desse tipo de procedimento quando bem executado, gira em torno de 95%, sendo assim, muito confiável.