× Fale Conosco
Enviar via
Ou ligue para (41) 3019-7333
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail

Blocos de PorcelanaCoroa DentáriaEnxerto ÓsseoImplante DentárioLente de ContatoPrótese DentáriaZircônia
ClareamentoCoroa de PorcelanaFacetas de PorcelanaPrótese Sobre ImplanteOdontologia EstéticaReabilitação OralGeral



Blog

Implantes dentários e enxertos ósseos

Algumas vezes, antes de ver realizado o sonho de ter dentes fixos novamente, o candidato a implantes dentários deve submeter-se a um procedimento de enxertia óssea. Esse procedimento restabelece o tecido ósseo da região perdido pela falta prolongada do dente, traumas ou extrações mal realizadas. Para se saber se o enxerto ósseo é mesmo necessário, o dentista solicita ao paciente, radiografias específicas para uma análise mais minuciosa do seu caso. São as chamadas tomografias computadorizadas, tiradas da região que necessita de implantes, ou “regiões receptoras” e também, de outras regiões que podem ser as “doadoras” de tecido ósseo intra-oral. Os enxertos extra-orais são feitos com osso extraído de outras partes do corpo como o ilíaco e a calota craniana e nesse caso, requerem internamento em hospitais ou clínicas médicas. Existem marcas importadas de ossos bovinos que fazem com que após instalado na região requerida, o próprio osso do paciente se deposite sobre o osso enxertado, aumentando cada vez mais sua qualidade. Outra maneira de se obter o osso para enxerto é a sua aquisição através do Banco de Ossos do Hospital das Clínicas. Cada caso exige análise e planejamento. Cada vez mais pessoas se submetem com muita segurança e conforto às técnicas de enxertia óssea, que estão muito evoluídas. O sucesso desse tipo de procedimento quando bem executado, gira em torno de 95%, sendo assim, muito confiável.

Leia Mais...

Facetas de porcelana– Na busca pelo “sorriso de artista”

Muitas pessoas procuram um dentista reabilitador na busca por um “sorriso de artista”, pois os sorrisos dos artistas da tevê parecem cada vez mais brancos e perfeitos. Mas como consegui-lo? Há vários métodos de se conseguir o sorriso ideal. Seja pela ajuda de tratamentos ortodônticos, próteses e/ou clareamentos dentais. O importante é que se analise cada caso particularmente para se traçar o plano de tratamento mais adequado para cada um. As facetas de porcelana são lâminas que vão sobre os dentes, que podem corrigir desalinhamentos, mau formações e também escurecimentos dentais. Algumas vezes são necessários desgastes nos dentes para a instalação das facetas, porém outras vezes só a cimentação das lâminas por cima dos elementos dentários já proporciona um efeito muito favorável, conservando-os. Os cimentos usados para a fixação das facetas são muito resistentes, por esse motivo, é muito difícil que elas se soltem. A durabilidade também é muito grande, desde que sejam usados bons produtos e que os dentes sejam preparados adequadamente para recebê-las. Outro fator importante é a escolha do profissional que irá confeccionar as facetas, o técnico em prótese dentária. Aliando esses fatores, o sonho de se ter “dentes perfeitos” pode se tornar realidade!

Leia Mais...
Eloana Thomé: o implante dentário não deu certo, o que fazer?

E se o implante dentário não deu certo, o que fazer?

A realização de procedimentos como os implantes dentários pode gerar dúvidas sobre seu funcionamento e principalmente riscos. Entretanto, nesse post explicamos suas principais vantagens e por que vale a pena.

Qual o material usado nos implantes?

Os implantes dentários são feitos de titânio, material biocompatível que é bem aceito pelo organismo. Por esse motivo, é amplamente utilizado na confecção das bases dentárias, uma vez que não é rejeitado pelo corpo, que adapta-se naturalmente a ele.

Quando o implante não dá certo?

Embora seja pequena a ocorrência de problemas com implantes dentários, há casos em que não dá certo. E entre os principais motivos para isso, estão:

  • aquecimento do osso durante seu preparo, e por isso deve-se utilizar muita água para refrigeração durante sua cirurgia de instalação;
  • contaminação do campo cirúrgico, o que é evitado com o uso de antibióticos pelo paciente e com a esterilização do instrumental utilizado;
  • uso de marcas não confiáveis, porém existem marcas certificadas muito confiáveis, inclusive nacionais;
  • motivos intrínsecos desconhecidos, ou seja, que ainda estão sendo estudados pelos pesquisadores.

Entretanto, se há falha mesmo quando todas as normas e procedimentos de segurança são seguidos, o motivo do problema pode estar relacionado à avaliação prévia do paciente. Isso significa que nem todas as pessoas estão aptas a ter implantes, uma vez que não só sua estrutura óssea pode ser inadequada para a fixação, mas também outros fatores específicos podem atrapalhar o procedimento, como:

  • problemas para cicatrização;
  • hábito de fumar;
  • não seguimento das orientações do profissional no pós-operatório;
  • infecções, entre outros.

Por isso, é cada vez mais recomendada a solicitação de exames complementares para investigar a saúde do paciente, e com seu histórico médico, é realizado o planejamento de acordo com suas limitações.

Além disso, um dos aspectos que mais influenciam no resultado é a escolha do profissional, pois sua experiência e competência impactam diretamente em todas as etapas do processo (desde a avaliação até a realização do implante). Dessa forma, as chances de insucesso são ainda mais reduzidas.

Por que implantes são seguros?

Porque as chances de sucesso dos implantes giram em torno dos 95%, uma porcentagem considerada segura. Assim, caso o implante instalado não dê certo, deve-se removê-lo, aguardar a cicatrização do local e realizar uma reavaliação das condições ósseas. E após esse estágio, o profissional definirá se será possível fazê-lo novamente.

Além disso, em alguns casos pode ser necessário um enxerto ósseo no local. Contudo, mesmo assim as chances de sucesso são grandes, o que torna sua realização segura e recomendada.

Um outro ponto positivo está relacionado à possibilidade de reinstalar os implantes dentários, o que significa que o procedimento é reversível.

Dra. Eloana Thomé – Especialista

Saúde bucal é assunto sério. Logo, para realizar qualquer procedimento, incluindo implantes dentários, é importante ir à um dentista que seja confiável e experiente. Dessa maneira, é possível evitar qualquer tipo preocupações, problemas e eventuais complicações.

A Dra. Eloana Thomé é especialista, mestre e doutora em implantodontia, atuante no ramo da odontologia a vários anos. Neste período, já realizou com sucesso diversos procedimentos de implantes dentários em pacientes de diferentes faixas etárias, tornando-se referência em Curitiba e Região.

Assim, a Dra. Eloana realiza o procedimento completo de reabilitação oral, executando e acompanhando cada caso do início ao fim, desde o enxerto ósseo até a cicatrização total do implante.

Portanto, se você busca por um dentista competente e experiente para realizar implantes dentários em Curitiba, conte com a Dra. Eloana Thomé. Assim, entre em contato conosco, esclareça todas as suas dúvidas e agende uma avaliação sem qualquer tipo de comprometimento.

Estamos na Av. Cândido Hartmann, 570 sala 183, Bigorrilho, Curitiba, PR. Fone: (41) 3019-7333.

Leia Mais...