× Fale Conosco
Enviar via
Ou ligue para (41) 3019-7333
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail

Blocos de PorcelanaCoroa DentáriaEnxerto ÓsseoImplante DentárioLente de ContatoPrótese DentáriaZircônia
ClareamentoCoroa de PorcelanaFacetas de PorcelanaPrótese Sobre ImplanteOdontologia EstéticaReabilitação OralGeral



Blog

Dentista com jaleco profissional

A Importância do jaleco para dentista

Atualmente vivemos num cenário onde entendemos mais facilmente o uso do jaleco e demais equipamentos de proteção individual.

Com a pandemia, veio junto a conscientização da prevenção da transmissão dos germes e das bactérias.

Para profissionais da área odontológica, que lidam diretamente com a boca, é de extrema importância estar protegido contra possíveis contaminações.

A biossegurança vem em primeiro lugar quando o assunto é saúde. Além de proteger a pessoa que o utiliza, o uniforme ainda evita que este usuário ainda transporte para outras pessoas, afinal o jaleco deve ter uso exclusivo apenas dentro da clínica.

Tipos de jaleco

Os modelos que auxiliam no aumento da proteção são os de gola padre e com punho de elástico, que vedam as estradas do pescoço e das mãos.

Todos eles fazem proteção à parte superior do corpo contra riscos de origem química, biológica, térmica, mecânica e proveniente de atividades úmidas.

O dentista, propriamente dito, possui quatro modelos. Cada um deles tem uma função específica.

Jaleco Clínico

Usado na clínica, como diz sua nomenclatura durante consultas, para evitar que respingos bucais que podem se espalhar durante o atendimento cheguem ao dentista e o contaminem.

Jaleco Cirúrgico

Utilizado durante cirurgias para segurar fluidos corporais que podem espirrar para fora até o profissional.

Assim, o jaleco evitará qualquer contaminação se a substância estiver infectada com alguma doença ou microorganismo.

Jaleco Plumbífero

Será o equipamento que protegerá o paciente de qualquer risco físico ligado à radiação de tomada radiográfica.

Avental para limpeza instrumental

Este avental deve ser impermeável usado principalmente para limpeza e esterilização dos materiais utilizados durante a atividade odontológica.

Como cuidar do jaleco após o expediente

Após o final do dia de trabalho, para transportá-lo até em casa é necessário virá-lo pelo avesso e guardar ele dentro de um saco plástico para não entrar em contato com outros produtos.

Para sua lavagem, é necessário lavá-lo sozinho para não contaminar outras peças. Deixar ele de molho com hipoclorito de sódio 1% também desinfeta ele de qualquer coisa.

Jaleco é EPI?

A NR6, item 6.1, define equipamento de proteção individual (EPI) como “todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho”.

O item 6.2 menciona que “o EPI, de fabricação nacional ou importado, só poderá ser posto à venda ou utilizado com a indicação do Certificado de Aprovação (CA), expedido pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego”. 

Então para ser considerado EPI, a peça precisa ter o CA para que o fabricante seja responsável legalmente caso o produto apresente alguma falha ou defeito.

A Resolução da Diretoria Colegiada Nº. 63 de 25/11/2011 da ANVISA, Seção VII da Proteção à Saúde do Trabalhador, art. 46, menciona que “o serviço de saúde deve garantir que seus trabalhadores com possibilidade de exposição a agentes biológicos, físicos ou químicos utilizem vestimentas para o trabalho, incluindo calçados, compatíveis com o risco e em condições de conforto”. 

O jaleco é considerado apenas como vestimenta ou uniforme e conforme as normas atuais, legalmente ainda não é um EPI, pois não contém o CA.

Conclusão

O jaleco é um uniforme profissional extremamente importante para a preservação da saúde do dentista e dos seus pacientes, vendo que nenhum microorganismo será passado adiante.

Reforçando que seu uso é restrito para dentro da clínica odontológica, com intenção de não contaminar o ambiente exterior e não trazer infecções para dentro da clínica vindo lá de fora.

Lembrando que o jaleco deve ser feito por profissionais competentes que façam uniformes e jaleco voltados à empresa, com qualidade alta e materiais de primeira mão.